AGE
Agrobiz Gestão Estratégica

Adaptamos para o agronegócio a Gestão Estratégica, uma fórmula de sucesso que conquistou inúmeras empresas de variados setores ao acrescentar novos elementos de reflexão e ação sistemática e continuada, a fim de avaliar as situações cotidianas e contrapô-las com a visão de futuro, e, desta forma, elaborar projetos para a mudança estratégica, acompanhando e gerenciando todos os passos, da implementação até a obtenção dos resultados desejados.


Diferenciais:

O Modelo de Gestão Estratégica a ser implementado deverá, não somente contemplar atividades de análises competitivas e definição de planos estratégicos, geralmente atendidas nos modelos tradicionais de planejamento estratégico, mas, principalmente, a tradução destas intenções em ações práticas para o dia a dia da organização, de tal forma que o processo seja efetivamente incorporado por todos os colaboradores.


Metodologia Agrobiz de Gestão Estratégica


Utilizamos variadas técnicas e metodologias:

Activity Based Costing, Balanced Scorecard, Benchmarking, Economic Value Added, Strategic Planning, Target Costing, entre outras ferramentas.

A implantação da gestão estratégica transita por etapas distintas considerando as diferentes situações e momentos de cada empresa.


Diagnóstico estratégico:

Resultado da avaliação de informações sobre a competitividade da empresa, portfólio de produtos e serviços, ambiente de atuação, planos de ação e projetos em andamento.

Maturidade da gestão estratégica:


Avaliações Realizadas:

  • Da existência de clareza nos objetivos;
  • Da utilização de indicadores para o monitoramento;
  • Da existência de prática regular de análise de indicadores;
  • Se os indicadores atuais envolvem os pontos-chave da empresa.

Direcionamento estratégico:

Nesta etapa, são priorizadas as soluções e os planos de ação, previamente estudados, para sustentar as estratégias e alcançar os resultados planejados.

Implementação da Gestão Estratégica:

Desenvolve a cultura da empresa para agir estrategicamente sem perder de vista a operação.

Focando na visão de futuro, monitora-se o mercado, concorrentes e o próprio desempenho (estratégico e operacional), mobilizando a organização para sustentar a operação atual e empreender ações para viabilizar a operação futura, projetando os impactos e os resultados, promovendo ações de correção de rota, quando necessário.


BENEFÍCIOS TÍPICOS:
  • Possibilitar a implementação de uma gestão inovadora;
  • Substituir a visão reducionista por uma visão ampla, voltada ao mercado;
  • Proporcionar adequações internas que privilegiam o foco na visão de futuro;
  • Posicionar a atuação dos colaboradores em projetos, dentro de uma filosofia organizacional;
  • Reduzir os hiatos na comunicação e na condução das estratégias que devem ser desdobradas para que a organização alcance metas almejadas e propostas;
  • Fazer com que as intenções maiores da empresa se concretizem nos planos de ação e na operação contínua, tendo como base o planejamento estratégico.